Saúde e Bem-Estar Termal
As Termas de Caldas de Aregos são, desde a Idade Média, uma das melhores opções para a cura de vários males. No século XII, a Rainha D. Mafalda criou uma albegaria para tratamento de várias doenças. Os visitantes têm acesso à Fonte, um marco dessa época, logo na entrada do balneário.
A terra tem o seu nome de origem romana devido às temperaturas elevadas da suas águas sulfúreas, 62 graus centígrados. Caldas, significa quentes, e é esta uma das características que fez com que imensos utentes visitassem o local para curar mazelas. A qualidade do serviço e resultados obtidos eram propagados por Portugal e no estrangeiro.
Anos 40 - Depois de perder utentes para as Termas de Caldas de Moledo, devido à falta de condições nas instalações e de apoio técnico, no final do século XIX, graças ao empenho de homens dedicados a Aregos e às suas águas milagrosas as Termas ressurgiram em força na década de 1940. Essa foi considerada a “Idade de Ouro”, chegando a ser frequentadas por mais de 2000 banhistas.
Anos 70 - Com a construção da Barragem do Carrapatelo e Invernos rigorosos a estância balnear fechou no final dos anos 70.
Mais tarde, em 1992, através de protocolos que incluíam a construção de vários elementos para a dinamização das Caldas de Aregos, foi contruído o atual balneário. No entanto, todo o património acabou por ser foi adquirido em hasta pública. Sendo, a partir dessa data, restrita a exploração do edifício para o termalismo clássico, com abertura em Maio e encerramento da época balnear em Outubro.
Em 2009 o município adquiriu as Termas das Caldas de Aregos e parte importante do seu património, para concretizar a construção dos elementos tidos como fundamentais para a dinamização da Estância Turística e Termal. A Companhia das Águas das Caldas de Aregos E.M, S.A. nasce com o objetivo de impulsionar as dinâmicas necessárias para transformar Caldas de Aregos numa destino atrativo para o investimento privado e para um destino turistico de excelência.

Sabia que ...

… no século XII a Rainha D. Mafalda, mulher de D. Afonso Henriques mandou edificar a capela de Santa Maria Madalena e fundou uma albergaria para cura de doentes pobres?

 

 

TOP